[ Por Mim Mesmo - # 2 ]

QUEM LÊ, VIAJA...

Enfim vou tratar de um assunto sério nesse sarcástico blog, mas minha seriedade também é composta com uma pitada de humor...Quê? Ah, não, não, isso não é uma receita para uma vida feliz, ok? E deixemos isso de lado....

Estou aqui para falar da mais complexa máquina existente na face da terra, que é apelidada de massa cinzenta por alguns, sim ele, o CÉREBRO, nossa caixa preta de pilantragem, lembranças e uma caixa de surpresas, pois dela saem coisas inúteis como esse post!

Mas me diga. Só ele nos faz realizar sonhos, mesmo que só na imaginação (eu já guiei uma Ferrari, beijei a Luana Piovani e também já morri duas vezes em sonhos), em geral sonhamos o que desejamos, mas calma, não desejo morrer tão cedo mas também não sei dizer quando.

Lembra daquele dia que você acordou ‘molhado’ na cama? Então, foi sua pervertida imaginação (com ajuda daqueles vídeos que você baixa da net) que deu um empurrãozinho. E também um cheiro, um perfume? Veio algum em mente? Aquele que instantâneamente nos faz lembrar de algo ou alguém, daquele dia, aquele encontro? Sim, tenho certeza que todos já passaram por isso, mesmo não querendo lembrar ‘daquela’ pessoa, não adianta, o cheiro bateu no narigão, a informação bateu no cérebro. Bingo! A imagem aparece no telão do inconsciente. (Que profundo isso)

E como poderia esquecer! A música....ou para muitos, um tema. Sim, o tema daquele encontro ou simplesmente uma letra que você ouve e diz: “- Essa canção foi feita pra mim, é a minha história!”, ou como ocorre normalmente, você está lá sintonizando alguma rádio quando eis que surge ‘ela’ que te faz lembrar ‘nela’, mas nem sempre essas lembranças nos deixam felizes, pois não vivemos num conto de fadas né mané?!. E é por isso que ainda hoje corro de Roxette... mas deixa pra lá...

É, o cérebro realmente é uma máquina poderosa, misteriosa e insuperável. E como foi criado? Só Deus saberia responder tal complexidade, pois o que seria de nós sem nossas lembranças? Acho que a vida não teria graça e não seria tão prazerosa. Afinal, pretendo ter netos, e ter netos e não ter história pra contar, não tem graça...

Durante os tantos minutos que fiquei fazendo esse post, também adentrei no meu arquivo e relembrei muitas coisas boas, outras nem tanto, mas que fazem parte da minha vida e isso portanto se torna importante. E você? Lembrou? Não? Então se mata, pois sua vida é uma merda!

---
Abraços, até a próxima!!
---
Procurando Livros?? Compare preços aqui!

1 Comentarios:

W Brown disse...

Hehehe, Roxete foi foda...
Velhos tempos da verme de cabelo vermelho...

Ultimos Posts